A+ A-

Gestão “Nossa voz na rua vem para lutar” faz balanço positivo das ações de 2017 e projeta novos desafios para o triênio

Image

Até 2020, serão várias ações de interiorização, promoção de eventos regionais e nacionais em conjunto com os/as assistentes sociais, na perspectiva do fortalecimento da categoria e por nenhum direito a menos.

O ano de 2017 foi de luta para os/as assistentes sociais. Enquanto na rua a categoria compareceu para bradar contra as propostas do Governo golpista Temer, especialmente em relação à Previdência e aos direitos trabalhistas, as articulações com os movimentos sociais, entidades, sindicatos e população em geral continuaram evidenciando o compromisso da categoria com as políticas de direitos. Em maio, a gestão “Nossa voz na rua vem para lutar” assumiu o Conselho Regional de Serviço Social 3ª Região/CE, para o triênio 2017-2020, fortalecendo essa luta.

O Cress Ceará tem permanecido vivo em meio a diversas atividades promovidas pela entidade, dentre as quais a retomada dos grupos temáticos (GTs), a promoção de palestras e debates em sua sede e em instituições parceiras, as ações de interiorização com a Comissão de Orientação e Fiscalização (COFI) e com o projeto “Interioriza Cress”, as ações do Setor de Inscrição, que realizou a entrega de uma grande quantidade de Cédulas e Carteiras Profissionais para assistentes sociais que aguardavam seu documento oficial desde 2016, dentre outras.

A participação dos/as assistentes sociais é grande, com destaque para as formações voltadas para a discussão sobre a instrumentalidade no Serviço Social e sobre a conjuntura político-econômica para a categoria. Essa adesão demonstra a importância da entidade e de sua representatividade perante o Serviço Social cearense. Para a conselheira presidenta Leiriane Araújo, essa realidade mostra o amadurecimento da categoria e a valorização do Conselho enquanto instância de proteção e fiscalização da profissão.

“Nós, como conselheiros do Cress Ceará, assumimos a gestão como um coletivo de 18 pessoas, mas também como todos/as os/as assistentes sociais do Ceará. Ao mesmo tempo que é importante nos sentirmos representados pelo Conselho, nós também, como profissionais, devemos nos atribuir uma responsabilidade com a nossa categoria. Temos visto grande participação nas atividades que estamos realizando e isso é gratificante”, reforça Leiriane Araújo.

Ainda durante 2017, o Cress Ceará realizou um complexo planejamento de ações até 2020, com previsão de eventos regionais e nacionais, como o Encontro Descentralizado Regional 2018 e o Seminário Nacional de Assistência Social, com previsão também para o ano de 2018.

Confira o vídeo com alguns momentos marcantes do Cress Ceará em 2017:

Compartilhe