A+ A-

Conselho Federal lança “CFESS Manifesta” em alusão ao Dia Internacional das Mulheres

Image

Várias mobilizações estão previstas em diversas cidades do mundo, inclusive em Fortaleza (CE) contra a Reforma da Previdência, pelo fim do racismo e da violência contra as mulheres, e pelo direito ao aborto legal e seguro! Leia o CFESS Manifesta alusivo à data e participe das mobilizações.

Na semana em que se celebra o 8 de março, Dia Internacional das Mulheres, o CFESS lança um manifesto em homenagem às lutas feministas contra a retirada de direitos, contra todas as formas de violência e a deterioração das condições de vida e de trabalho das mulheres!

O documento é um convite para as assistentes sociais se juntarem ao chamado da greve internacional que, segundo o próprio CFESS Manifesta, é “um grito internacional das mulheres por justiça social, ambiental e reprodutiva, na perspectiva da construção de uma nova ordem societária anticapitalista, antirracista, antissexista e antibelicista, na defesa de um feminismo popular e solidário com as mulheres trabalhadoras e suas famílias”.

O manifesto faz também uma homenagem aos 100 anos da Revolução Russa. “Considerando os retrocessos e desafios do tempo presente para os movimentos feministas e para o conjunto da esquerda brasileira e mundial, resgatamos o legado da Revolução Russa: a emancipação completa da classe trabalhadora está intimamente ligada à completa emancipação das mulheres”, diz trecho do manifesto.

Por isso, esse dia 8 de março é mais do que especial, já que tem o intuito de construir uma greve internacional das mulheres em defesa dos seus direitos e da liberdade. De combater o machismo e outras violências. E se hoje o Serviço Social possui uma categoria majoritariamente feminina (mais de 90%, ou 150 mil assistentes sociais “minas, manas e monas”), são tarefas das entidades representativas da profissão, como o CFESS e CRESS, se juntar e apoiar estas mobilizações que acontecem por todo mundo e pelo Brasil, contra a opressão de toda natureza, contra o capital.

8 de marçoEm Fortaleza (CE), a mobilização acontece na Praça da Imprensa, com concentração a partir das 8h. Com o tema “As Mulheres vão parar no 8 de março”, o ato unificado prevê manifestação contra a Reforma da Previdência, pelo fim do racismo e da violência contra as mulheres, e pelo direito ao aborto legal e seguro.

Informe-se sobre as mobilizações em sua cidade e participe! Se não puder parar e ir às ruas, discuta em seu espaço de trabalho a temática. Debata o conteúdo do CFESS Manifesta no seu local de trabalho e mobilize as colegas de trabalho e as usuárias do Serviço Social. As assistentes sociais – mina, mona e mana – vão parar geral!

Leia o CFESS Manifesta do Dia Internacional das Mulheres

Texto: Rafael Werkema/CFESS com alterações de Amanda Nogueira/CressCE

Compartilhe