A+ A-

Cress/CE integra 3ª edição do informativo “Serviço Social é Notícia” lançado pelo CFESS

Image

Já está disponível a terceira edição do Informativo Serviço Social É Notícia, do Conselho Federal e dos Conselhos Regionais de Serviço Social. Com periodicidade anual e tiragem de 180 mil exemplares, o informativo já está sendo enviado pelos Correios para cada assistente social com inscrição ativa nos CRESS/Seccionais, a partir da mala direta disponibilizada por cada Regional.

Esta edição é mais do que especial, por vários motivos. Em primeiro lugar, porque os debates trazidos estão em total sintonia com a conjuntura desafiadora colocada à categoria de assistentes sociais e toda classe trabalhadora: retrocessos nas políticas públicas brasileiras, ataque aos direitos sociais e à democracia, conservadorismo escancarado etc. Assim, a análise de conjuntura e a reportagem sobre o Dia do/a Assistente Social convocam a categoria a se manter mobilizada e nas ruas, porque em luta de classes não há empate!

Em segundo lugar, o Informativo fecha o ciclo das gestões CFESS-CRESS 2014-2017, reunindo os balanços das ações dos Conselhos nos últimos três anos.

Outro motivo que faz da publicação uma edição especial é o apanhado que faz sobre as Eleições do Conjunto CFESS-CRESS, dando visibilidade às chapas concorrentes para os CRESS e para o CFESS, à importância da participação da categoria em todo o processo, da organização das chapas e ao voto, e ainda respondendo dúvidas sobre algumas regras de campanha.

Acesse o a 3ª edição do “Serviço Social é Notícia” CLICANDO AQUI.

Confira o texto na íntegra enviado pelo Conselho Regional de Serviço Social – 3ª Região/Ceará:

Cress Ceará: 2014-2017

Gestão “Só a Luta Faz Valer” atua em várias frentes em defesa da profissão
Por Jefferson Passos

Sempre em defesa do Serviço Social, a Gestão “Só a Luta Faz Valer” contou com o apoio da categoria durante seus três anos de atividade no Cress-CE.

De 2014 a 2017, diversas atividades foram realizadas com a presença do Conselho Regional de Serviço Social – 3ª Região/Ceará (Cress-CE) em espaços de articulação, deliberação e organização da categoria em Fortaleza, capital do estado, e no interior do Ceará.

Dentre as ações promovidas estão os encontros em comemoração ao dia do/a Assistente Social, Fóruns Estaduais de Estágio, Curso “Ética em Movimento”, reuniões para entrega de cédulas e carteiras profissionais, engajamento combativo em atos políticos nas ruas com movimentos sociais, publicação de artigos na imprensa local com ênfase para o Caderno Especial em comemoração aos 80 anos do Serviço Social no Brasil.

Outro grande destaque foi a Comissão de Fiscalização e Orientação (Cofi) que ampliou suas atividades na capital e em cidades do interior. Os números aumentaram a cada ano, saindo das 136 visitas de fiscalização em 2014, chegando a 183 em 2015 e, finalmente, a 247 até dezembro de 2016.

Só “A Luta Faz Valer” a defesa da profissão, a garantia das 30 horas e das atribuições da/do Assistente Social, as ações de interiorização do Cress, a defesa da formação de qualidade, o posicionamento contra o desmonte dos direitos sociais e em defesa das políticas sociais públicas.
Defesa da democracia e das políticas sociais públicas

Em 2016, durante a Semana do/a Assistente Social, foi criada a Frente Cearense em Defesa da Seguridade Social. Atualmente, representantes das várias entidades que participam deste movimento estão discutindo e elaborando uma série de atividades e estratégias contra a PEC 287/2016, em defesa da Assistência e da Previdência Social. NENHUM DIREITO A MENOS!

Cursos de extensão

Uma problemática que tem desafiado a atividade do/a profissional do Serviço Social no Ceará tem sido a criação de cursos de extensão, como se fossem de graduação, por muitos institutos no estado, especialmente em cidades do interior cearense. A partir de diversas denúncias, com o apoio da categoria em geral, e da ação continuada das Comissões do Cress-CE e de sua assessoria jurídica, a Gestão “Só A Luta Faz Valer” tem conseguido êxito no intuito de fiscalizar e fortalecer a luta contra esta realidade.

“Um dos maiores desafios enfrentados por esta gestão foi o combate a este tipo de prática. Nossa força de trabalho, tendo a frente a Cofi, foi direcionada para a defesa da profissão e do nosso compromisso com a população usuária atendida nas diversas políticas sociais nas quais atuamos”, destaca a Conselheira-presidente, Jossuleide Cavalcante.

O Cress-CE reitera a importância deste trabalho contínuo, previsto na Política Nacional de Fiscalização do Conjunto Cfess/Cress, o qual merece ser priorizado pelos/as futuras/os conselheiras/os da próxima gestão.

Fonte: Conselho Federal de Serviço Social.

Compartilhe