A+ A-

Cress Ceará repudia atos de violência praticados contra as/os Assistentes Sociais do INSS e integrantes de movimentos sociais

Image

O Conselho Regional de Serviço Social 3ª Região/CE vem a público manifestar repudio aos atos de violência praticados contra as/os Assistentes Sociais do INSS e integrantes de movimentos sociais no dia 28 de maio de 2018, na sede da direção central do INSS em Brasília-DF. Os manifestantes faziam ato em defesa da Previdência Social e do Serviço Social do INSS e contra o desmonte das políticas e serviços públicos.

O ato foi organizado como parte da programação do Encontro Nacional em Defesa da Previdência Social e do Serviço Social do INSS realizado nos dias 26, 27 e 28 de maio de 2018, organizado pela Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Previdência, Trabalho e Assistência Social – FENASPS em parceria com o Conselho Federal de Serviço Social – CFESS. O encontro contou com a representação de 19 estados com um total de 103 participantes.

O ato público foi marcado por graves agressões às/aos manifestantes pela equipe de segurança presente no prédio que agiu com truculência e desrespeito com os servidores daquela Instituição.

A atividade teve o objetivo de denunciar o desmonte dos serviços previdenciários – Serviço Social e Reabilitação Profissional que estão ameaçados de extinção na autarquia com a precarização do trabalho das/dos assistentes sociais, assédio moral, interferências nos processos de trabalho, atos normativos que visam reduzir a autonomia profissional, descaracterizar o serviço social e suas especificidades e reduzir o acesso e direitos dos trabalhadores.

O encontro contou com a presença de conselheiros dos Conselhos Regionais de Serviço Social – CRESS de vários estados – CE, BA, MG, PR, PA, GO, AP, RJ, SP – e de duas representantes do CFESS – Elaine Pelaez e Lylia Rojas –, além de diretores da FENASPS representantes de sindicatos estaduais dos servidores e militantes do Movimento Resistência Popular (MRP).

A delegação do Ceará foi composta por dez assistentes sociais do INSS, das quais duas conselheiras do Cress Ceará – Wanessa Beleza e Crizeuda Freire.

Por fim, o Cress Ceará manifesta seu apoio e solidariedade às/aos assistentes sociais e demais trabalhadoras/es agredidas/os na manifestação ocorrida no INSS e reforça a sua defesa pelo estado democrático e social, com a livre manifestação e luta pelos direitos dos trabalhadores.

Fortaleza, 30 de maio de 2018.

Conselho Regional de Serviço Social 3ª Região/CE
Gestão “Nossa voz na rua vem para lutar”
Triênio 2017-2020

Compartilhe