A+ A-

Agenda Assistente Social 2018 já está à venda na sede do Cress Ceará

Image

Agenda Assistente Social 2018 já está disponível para venda na sede do Conselho Regional de Serviço Social 3ª Região/CE em Fortaleza (CE). Para 2018, o mote da agenda é “Sou Assistente Social e tenho minhas Bandeiras de Luta!” no intuito de reafirmar o trabalho profissional da categoria e seu compromisso ético-político.

O valor unitário R$ 8 é de custo, segue orientação do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) e de todos os Conselhos Regionais, e não há qualquer tipo de atividade lucrativa neste repasse. A tiragem é limitada a 9.500 exemplares para todo o Brasil produzida pelo CFESS.

No Cress Ceará, a agenda somente deverá ser vendida a dinheiro, cada pessoa poderá comprar somente até duas agendas e não haverá reservas. Os conselheiros do interior e os Nucress receberão 25 agendas para vendas em cada região.

Sobre a agenda

Em 2018, o Código de Ética do/a Assistente Social completa 25 anos. O documento não constitui apenas um conjunto de normas legais voltadas ao exercício profissional. Ele é expressão e resultado da intervenção dialética e histórica de uma profissão que reconstruiu sua identidade na realidade social.

Dessa forma, a proposta da Agenda 2018 é levar o leitor ou leitora a uma viagem pelos princípios fundamentais que norteiam o trabalho profissional e seu diálogo com as pautas políticas assumidas pela categoria. A publicação também destaca as principais bandeiras de luta do Serviço Social brasileiro, todas fundamentadas e respaldadas pelo Código de Ética.

Flerte com obra de Arthur Bispo do Rosário

A Agenda Assistente Social 2018 tem seu conteúdo dissolvido ao longo de suas páginas, em uma tentativa de expor os temas em sua densidade sem, contudo, se tornar cansativo para quem lê. Em seu projeto gráfico, há explicitamente referência, por meio das cores e traços, à obra de Arthur do Bispo do Rosário, artista sergipano falecido em 1989. É dele a imagem que há 25 anos ilustra (e embeleza) a capa do Código de Ética. À época, foi escolhida como uma forma de homenagear cada usuário/a das políticas e serviços sociais, em nome do respeito, qualidade e responsabilidade, nos termos dos princípios firmados por este Código que nossa ética profissional pretende assegurar.

Tema: Sou Assistente Social e tenho minhas Bandeiras de Luta
Formato: 12 x 16 cm, colorida, com capa plástica protetora, elástico e fita marcadora
Valor de repasse para a categoria (a preço de custo): R$ 8,00
Quantidade: 9.500 exemplares

Com informações do portal do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS).

Compartilhe