A+ A-

Seminário Comemorativo ao Dia do/a Assistente Social 2017

Assistentes Sociais de diferentes locais do Ceará compareceram ao primeiro dia do Seminário Comemorativo ao Dia do/a Assistente Social 2017. Pela manhã, a programação contou com o Fórum de Estágio: Dos limites e das possibilidades da prática profissional no contexto atual, com a assistente social Andrea Pacheco (ABEPSS). À tarde, teve a Abertura do Seminário e a mesa “Na luta de classe não há empate: assistente social profissional em defesa das liberdades democráticas e dos direitos sociais”, com Lúcia Lopes (UnB), Elizabeth Rodrigues (CEAS) e Ana Paula Silveira (FAC), e mediação de Evânia Severiano. À noite, os participantes contaram com o lançamento do livro “Drogas e Proteção Social: os desafios da intersetorialidade”, dos autores André Menezes e Cynthia Studart. Na manhã do dia 16, os/as professores/as Cristiane Porfírio (Uece) e Estênio Azevedo (Uece) integraram a mesa “100 anos da Revolução Russa: o que nos resta da história?”. À tarde, foi a vez dos palestrantes Marcelo Braz (UFRJ) e Cristina Nobre (Uece) participarem da mesa "E agora José? Dos rumos possíveis para o Brasil e para a classe trabalhadora hoje”, com a mediação de Elizabeth Rodrigues (Cress/CE). Ao final do Seminário, a Gestão “Só A Luta Faz Valer” apresentou as atividades do triênio 2014-2020 e empossou a nova Gestão Triênio 2017-2020 do Cress/CE "Nossa voz na rua vem para lutar".